Incógnita

 

Bob olhou em volta da sala com satisfação. Ele somente tem sido PR e gerente de eventos no Grandis Corp por algumas semanas, e nesse tempo, ele organizou a festa de lançamento de gala do ano. Pessoas VIPs de todos os tipos - investidores, empresários, celebridades estavam lá também. Ele assentiu sorrindo para um grupo de políticos locais. Ele tinha certeza que eles só estavam lá pelas comidas e bebidas de graça, mas valeu a pena para fazer amigos de grande importância. Afinal, Grandis Corp tinha tendência de ser um pouco controverso - nem todo mundo concordava com comida geneticamente modificada e a Grandis Corp tinha a reputação por agressivamente processar pessoas.

Mas desta vez foi a festa de lançamento de uma nova iniciativa global que todos estavam felizes - Grandis tinha desenvolvido um novo tipo de arroz, que poderia triplicar a quantidade de comida que fazendeiros poderiam cultivar nas suas terras. O plano era fornecer sementes para países de terceiro mundo, lugares com escassez de terras ou solo pobre, porque o arroz da Grandis poderia ser plantando em qualquer lugar.

Mas Bob tinha certeza que a maioria das pessoas na festa estavam aqui para ver o diamante, não para ouvir discursos sobre agricultura sustentável. É uma das supresas da vida, que enquanto eles estavam escavando no centro de pesquisa Grandis em uma parte remota da Austrália Ocidental, eles tinha descoberto um diamante. Não qualquer diamante. Mas o maior diamante naturalmente rosa do mundo. Bob sorriu pra si mesmo. Um raro tesouro, encontrado enquanto eles estavam desenvolvendo algo para superar a pobreza. Estava a mostra no grande salão, pronto para ser revelado para os convidados. 

Bob viu Sebastian Smith, o CEO da Grandis Corp, andando pela entrada do salão, e acenou para ele mas Sebastian estava destraído mexendo em seu tablet. Ele sempre estava mexendo nele - nunca saía da sua mão e ele nunca deixava ninguém nem olhar a sua tela. Bob uma vez perguntou a Sebastian o que tinha no seu tablet.

“Tudo. Minha vida.” disse Sebastian.

“E se você perdesse?” Bob perguntou.

“Impossível. Mas mesmo se eu perdesse, é completamente criptografado e funciona só com as minhas biometrias, então não tem uso para ninguém.” disse Sebastian orgulhosamente.

Sebastian era obsecado com segurança e nesse evento não foi diferente. Todos os hóspedes haviam sido examinados, bem como os guardas de segurança. Todos foram examinados, até os faxineiros. Sebastian falou a Bob para nao arriscar, em caso do Incógnita tentar algo contra o diamante.

Bob revirava os olhos. Icognito, a figura misteriosa. Pessoas diziam que ele conseguia quebrar qualquer fechadura, hackear qualquer sistema de segurança e ir pra qualquer lugar sem nem ao menos ser visto. Que ela podia voar. Ela tem sido chamada de vigilante, assassina, a melhor ladra do mundo. Bob bufou ironicamente. Mais parecia com um mito urbano. Mas ele decidiu dar mais uma olhada, só em caso de ter algo errado. 

Ele caminhou ao redor do lobby, cumprimentando convidados conforme andava, então foi em direção aos corredores para verificar se tudo estava pronto para a grande revelação. Ele viu a porta para o salão entreaberta. Estranho! Deveria estar trancada. Ele estava para fechar a porta quando ouviu vozes. Provavelmente algum jornalista intrometido querendo dar uma espiada antes da hora. Ele entrou no salão e parou rapidamente quando ouviu a voz de Sebastian, usando um tom de voz ameaçador que ele nunca havia escutado antes.

“Você não pode me impedir, Incógnita,” esbravejou Sebastian, balançando o que parecia uma pequena pistola.

“Você realmente achou que isso iria funcionar, colocar o diamente a mostra e depois falar que eu roubei, para fazer uma reivindicação de seguro?” disse uma mulher baixa usando um vestido preto.

“Eu não acho que você poderia resistir. E agora você realmente apareceu, fazendo minha história parecer muito mais plausível. Não haverá testemunhas, só eu.”

“E ele?” Incógnita apontou com a cabeça em direção a Bob. Sebastian olhou assustado notando Bob pela primeira vez, então recuperou sua postura e apontou a arma para Bob.

“Bom isso muda as coisas. Terei que mudar minha história um pouco.” Bob não gostou do olhar de Sebastian. “Parece que Incógnita invadiu para roubar o diamante. E eu não cheguei em tempo para impedir que ela matasse Bob, mas eu fui forçado a atirar na Incógnita quando ela me atacou - mas ela já tinha feito algo com o diamente que não pode mais ser encontrado. Sim… isso irá funcionar.”

“Você esta louco!” disse Bob incrédulo.

“Desculpe Bob.” Sebastian aponta a arma para Bob.

Anos depois, Bob nunca teve certeza se acreditava nos seus próprios olhos sobre o que aconteceu a seguir. Ele se encolheu, esperando ser baleado, mas Incógnita tinha dado uma cambalhota e desarmado Sebastian com rápido e crescente chute, em seguida, o derrubou com um salto giro reverso e um pontapé do peito do pé para a mandíbula. Ela se mexeu mais rápido do que humanamente possível. Sebastian caiu no chão de maneira deselegante.

O coração do Bob estava pulsando forte no seu peito e eles estava ofegante embora ele não tinha feito nada. Num espaço de trinta segundos ele quase morreu e foi salvo. E era impossível.

Incógnita se aproximou de Sebastian, chutou a sua arma para que ficasse fora do alcance e pegou seu tablet.

“Argh,” disse Bob. Ele engoliu seco. “Vo - você vai ro-roubar o diamante, Incógnita?”

Incógnita olhou para a vitrine de vidro fortificada com sua variedade de lasers e gatilhos com sensores super sensíveis. Ela abriu o painel na parede próxima, e se concentrou por um segundo. Ela deslizou seus dedos, rapidamente, sobre o painel de controle, e o vidro que protegia o diamante se abriu, os sensores foram desativados. Ela desativou o sistema de segurança tão fácil que Bob não acreditava que aquele era o sistema que ele estava tão orgulhoso.

Incógnita pegou o diamante e o segurou contra a luz por um segundo. Ela o jogou para Bob, que se desequilibrou e quase não conseguiu segurá-lo.

“É falso,” disse ela. “Além disso, dados são muito mais valiosos que jóias.” disse a Bob com um sorriso insolente, enquanto colocava o precioso tablet de Sebastian numa bolsa escondida e o afagou com carinho. Eles escutaram o barulho das portas se abrindo. Os convidados começariam a entrar no salão a qualquer minuto. Incógnita fechou o painel de controle e correu em direção a janela, deslizando o vidro para abrir, deixando entrar uma rajada de ar frio. Bob ficou boquiaberto. Ele nem sabia que a janela se abria. No 33º andar?

Antes que ele pudesse piscar, Incógnita se jogou da janela desaparecendo na céu estrelado. Bob ofegou, e correu para a janela.

O vento gelado bateu nos seus cabelos e ardeu seus olhos enquanto ele olhava pra baixo. Ele podia ver a rua bem longe, as limousines estacionadas do lado de fora do prédio pareciam de brinquedo. Mas não havia nem sinal da Incógnita. Talvez as histórias sobre ela voar fossem verdadeiras no final das contas. 

Felicity Chan assistia o noticiário com satisfação.

Fazia apenas algumas semana desde que ela invadiu o almoço de gala da Grandis Corp’s como Incógnita. Seus poderes fizeram com que nem Sebastian nem Bob a reconhecessem, apesar de os dois terem a recepcionado no tapete vermelho antes do evento como Felicity Chan, atriz de cinema. O efeito Incógnita dura por mais ou menos 10 minutos na maioria das pessoas, mas isso seria mais do que suficiente.

Sebastian foi preso por fraude de seguro.
E o mais importante, depois que ela rackeou o tablet de Sebastian e liberado os dados online - anonimamente é claro - as autoridades começaram a investigar o arroz modificado da Grandis de perto. Parece que o arroz de fato pode florescer sob quais quer condições - tanto assim que tinha o potencial para se tornar uma erva daninha incontrolável e também foi resistente a herbicídas. Ele teria devastado ecossistemas naturais em todo o mundo.

Felicity sorriu para si mesmo. Após passar pelo choque inicial, Bob passou a ser o PR e estava sendo saudado como herói. Ninguém havia mencionado Incógnita. Ela preferia assim. Era mais fácil ser uma lenda urbana.