BabelBish

 

“Aqui! Só mais um ponto e está pronto!” Sasha tinha terminado com o ponto cruz por hoje. Esse era um pedido customizado do seu blog flores, um bordado de ponto cruz dos personagens principais do filme Os Vingadores. Ela pediu pra sua mãe dar uma olhada no produto final.  

“Bom trabalho filha, qual vai ser o próximo?”

“Hum...Eu estou pensando em ir a moda antiga e fazer um com personagens de filmes dos anos 80, Labirinto - A magia do tempo… lembra desse? Espera, mãe você pode aumentar o volume da TV...aquele péssimo prefeito está dando uma declaração.” 

“...De hoje em diante, pessoas tecnofóbica não serão bem-vindas nessa cidade de Progress. Nos próximos dias cada cidadão de Progress receberá uma visita de um oficial do exército. Eles pedirão para vocês conversarem no novo idioma. Qualquer pessoa que não conseguir será considerada tecnofóbica e será banida da cidade.

A cidade de Progress não mais será habitada por pessoas contra a adoção do novo idioma e da Fronteira Digital. Eu quero fazer de Progress a cidade mais inovadora do planeta e eu não vou parar até que essa meta seja alcançada…”

Sasha e sua mãe se olharam. Por anos Sasha tem ajudado a traduzir e interpretar os elementos do novo idioma para a sua mãe, clientes e amigos não sendo possível para eles acompanharem as novidades tecnológicas. Isso ajudou a protegê-los dos Selvagens Digital (chamados de selvagens por causa das suas manias controladoras e gananciosas). Mas conforme a Fronteira Digital crescia, também crescia a quantidade de Selvagens. Agora parece que a cidade estava sendo comandada pelo pior dos Selvagens, o idioma e os costumes antigos estavam sendo considerados inúteis e mortos.

“Sasha, o que nós vamos fazer? Eu serei banida! Eu terei que começar tudo de novo? Eu preciso que você me ensine o novo idioma...mas eu nunca vou aprender em tempo...é muito difícil.” Sua mãe começou a chorar.

“Mãe, está na hora. Nós precisamos ligar para a BabelBish. Ela tem o poder de salvar todos os Tecnofóbicos. Nós precisamos de uma transformação de grande porte. É a única maneira de combater os Selvagens e derrotar o prefeito. Mas nós precisamos agir rápido. O exército estará batendo na porta qualquer momento. Nós precisamos reunir os Tecnofóbicos. Peça para eles se encontrarem na antiga biblioteca de Progress. Nenhum selvagem vai lá mesmo. Estaremos seguros.”

Sasha pegou o seu cachorrinho de 6 meses Elvis e saiu correndo. Ela subiu em sua bicicleta e segurou o pingente do seu colar que ela sempre estava usando. Ela se virou e se focou em um lugar e se preparou. Tudo ficou preto em menos de um segundo e quando ela abriu os olhos ela estava usando sua máscara e suas botas de BabelBish, o seu colar agora estava acompanhando a linha da sua jaqueta de couro. Elvis havia se transformado em King, seu tigre protetor.

Ela se lembrou da primeira vez que ela acionou o gatilho de superheroína pela primeira vez por acidente. Ela recebeu o colar por correio. Um de seu clientes mandou como presente junto com o pagamento de um dos seus produtos. Sasha percebeu que o fecho estava do lado errado e então tentou virar para arrumar. Para sua surpresa se fechou com um clique. Ela desmaiou de acordou como BabelBish. Um pouco confusa, ela olhou para o seu ajudante, mas Elvis não era mais um filhote, ele tinha se tornando um cão de grande porte e um pouco intimidante.

Sem saber o que fazer, ela ligou para o cliente que a mandou o colar com um pingente. Ele explicou o poder do que o pingente continha. Ela estava à observando por um tempo e tinha visto que ela já estava ajudando famílias, amigos e clientes a lidar com essa nova fronteira. Ele sabia que ela era a pessoa certa a ficar encarregada dessa tarefa. Ela perguntou quem era ele. Como ela sabia todas essas coisas? Mas ele desligou sem responder. Quando ela ligou novamente, a linha havia sido desconectada.

Hoje seria o dia para realmente testar o poder do pingente de uma vez por todas.

BabelBish e King foram em direção a biblioteca. Não havia muito tempo: o exército estava com algumas suspeitas e estavam indo em direção ao esconderijo dos Tecnofóbicos. Cinemas, bibliotecas e correios estavam todos sendo verificados a procura dos analfabetos da nova linguagem.

Uma grande multidão se encontrou na entrada da biblioteca. Essa vai ser a maior transformação que ela vai tentar fazer. Ela assobiou para King ficar por perto. Ele não se dava muito bem com grandes multidões, mas se ele ficasse muito longe, os poderes do pingente ficariam comprometidos, com os efeitos durando apenas alguns minutos.

BabelBish fez seu caminho para o meio da multidão. O exército tinha sido visto há alguns metros de distância da biblioteca. Ela colocou o dedo no meio do pingente e pressionou com força. Um flash de luz irradia em torno dela, e se espalhou em volta de toda a biblioteca. Quando o brilho da luz diminuiu os tecnofóbicos começaram a falar. Sua fala tinha mudado para a nova linguagem. Eles não seriam mais banidos.

+++++++++++++++++++++++

Dois dias depois, Sasha estava finalizando outro ponto cruz ao lado da sua mãe. Dessa vez ela estava bordando uma imagem de BabelBish e King depois do grande número de pedidos que vieram do seu blog.
Na TV ligada no quarto ao lado falava sobre as notícias.

“Hoje, nós informamos a surpreendente renúncia do prefeito de Progress. Por razões desconhecidas, o prefeito não está conseguindo falar ou entender a nova linguagem. Ele voltou para linguagem antiga e foi banido da cidade pelo seu próprio exército...Aqui estão algumas reações dos cidadãos ao saberem da notícia…”

Sasha passou o dedo no seu pingente. “Agora para o restante dos Selvagens!” Ela deu um sorriso atrevido. Elvis aprovou “Au au”